Notícias

General diz que Exército foi sondado para decretar Estado de Defesa na época do impeachment

Se isso de fato ocorreu, escapamos de virar uma Venezuela.

Muitos consideram exagerada a comparação do Brasil à Venezuela, algo mais frequente durante as gestões petistas. Os detratores da tese avaliam que, apesar da proximidade intelectual e até amistosa entre o PT e os líderes chavistas, as estruturas nacionais são incomparáveis.

Um novo fato, porém, suscita novos debates nesse sentido.

Segundo o general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas (foto), conforme noticiado pela revista Veja nesta semana, políticos de esquerda sondaram parlamentares ligados às Forças Armadas para que fossem sondadas acerca do decreto de Estado de Defesa, no qual atuariam contra protestos e manifestações.

Desse modo, a depender da esquerda, estaríamos agora sob uma ditadura, mais ou menos nos moldes das Venezuela.

E escapamos disso graças às Forças Armadas.

Fonte: Veja

Mais Lidas

To Top