Notícias

Governador do DF visitou Dirceu na cadeia

“Inspeção” de Agnelo na Papuda no dia 20/02 só foi divulgada agora

Semana-12

Reportagem do portal G1:

O ex-ministro José Dirceu, condenado no julgamento do mensalão e que cumpre pena de 7 anos e 11 meses de prisão no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, recebeu no último dia 20 a visita do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT).

De acordo com a assessoria do governador, naquele dia, ele decidiu fazer uma “visita de inspeção” às instalações da Papuda, depois de inaugurar a Unidade de Internação Socioeducativa de São Sebastião, destinada a menores infratores.

“Durante a visita, [Agnelo] encontrou-se com o ex-ministro e ex-deputado federal José Dirceu. Eles trataram de assuntos pessoais e o ex-ministro manifestou sua expectativa em relação ao julgamento de recurso junto ao Supremo Tribunal Federal”, diz texto de nota da assessoria.

Na quinta-feira, ao julgar recursos de oito condenados no julgamento do mensalão do PT, entre os quais Dirceu, o plenário do Supremo absolveu os réus do crime de formação de quadrilha, pelo qual tinham sido condenados no julgamento principal do processo, em 2012. Se o recurso fosse rejeitado, Dirceu migraria para o regime fechado. Com a decisão, permanecerá no semiaberto, que permite ao preso trabalhar durante o dia e voltar à noite para dormir na prisão.

Segundo a assessoria do governo do Distrito Federal, a visita de Agnelo Queiroz à Papuda no dia 20 foi a segunda desde que os petistas condenados no julgamento do mensalão foram levados para o presídio. Na primeira, ele esteve no local para visitar o ex-deputado José Genoino, que estava com problemas de saúde.

Defensor público
A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal apura se houve irregularidade em um encontro, fora dos dias regulares de visita do presídio da Papuda, entre um defensor público e José Dirceu.

A visita ocorreu no dia 6 de janeiro, uma segunda-feira, sendo que os dias de visitação aos detentos são quarta e quinta. Em situações comuns, fora do dia de visita, o condenado pode receber somente seus advogados.

A Defensoria Pública da União informou que o defensor federal Heverton Gisclan Neves da Silva visitou José Dirceu em um “ato voluntário e pessoal” do defensor público, para desenvolvimento de “pesquisa acadêmica própria”. Segundo o órgão, Silva realiza pesquisas sobre o processo do mensalão do PT.

To Top