Notícias

Greve dos Correios “dá argumentos” para a privatização, diz presidente da estatal

É o melhor a ser feito.

Diante da decisão dos funcionários dos Correios, de entrar em greve por tempo indeterminado, o presidente da empresa, Guilherme Campos, argumentou que isso ajudaria nos argumentos em favor da privatização da estatal.

Seguem declarações:

“…dá argumentos para a parte que defende a privatização (…) A greve reduz o nível do serviço entregue, dá argumentos nesse sentido (…) É muito difícil privatizar, mas se a empresa não se mostrar viável, qual outro caminho nós vamos ter?”

Eis um irônico lado bom da greve. No mais, a argumentação está correta. E, de fato, é inadmissível que o serviço postal seja monopólio do estado.

Fonte: Folha de SP

Mais Lidas

To Top