Notícias

Há esperança? Gilmar Mendes é confirmado no TSE e comandará as eleições 2016

De quebra, deve ser também o ministro a presidir o TSE quando da votação da cassação da chapa Dilma/Temer.

Gilmar Mendes foi reconduzido em votação simbólica. Com isso, garantirá mais dois anos como membro do TSE. Hoje ele é o vice-presidente, mas, com o fim de mandato de Dias Toffoli em maio, garante que estará na presidência do tribunal quando as eleições 2016 ocorrerem. Mais ainda, deve coordenar a votação sobre a cassação da chapa Dilma/Temer, que pode render novas eleições presidenciais – que também ficariam sob seus cuidados.

É uma esperança. O presidente tem poderes, mas não é mágico. Basta lembrar as dificuldade de Joaquim Barbosa para fazer o Mensalão prender alguns. Do contrário, teria sofrido prescrição com tanta catimba, em especial de Ricardo Lewandowski – hoje presidente do STF.

Gilmar Mendes - STF - cooptação - bolivarismo

Mais Lidas

To Top