Notícias

Haddad gasta R$ 30 milhões com consultorias, mas não há prova do serviço prestado

Auditores da Controladoria Geral do Município apontaram a falha.

fernando-haddad

De acordo com o R7, a Prefeitura de São Paulo gastou cerca de R$30 milhões com empresas de consultoria entre janeiro e dezembro de 2014, mesmo sem a comprovação de serviços prestados. O trabalho seria o de acompanhamento de obras da Siurb (Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras). As empresas deveriam ter fornecido engenheiros, mas a Controladoria-Geral do Municipio encontrou de veterinários a assistentes sociais.

O documento revelando as irregularidades foi publicado pela CGM em janeiro, mas retirado do ar pela Siurb. Os auditores verificaram não haver nenhum gestor da Prefeitura responsável pelos acordos e que o número de horas de serviço pago excedia em 317% o total previsto nos contratos.

 

To Top