Notícias

João Doria endossa a tese do Escola sem Partido: há ideologia e partidarismo nos colégios

A contatação é muito positiva.

Foto: SECOM / PMSP

João Doria, cujo nome é cada vez mais suscitado para as eleições do ano que vem, endossou a tese central do movimento Escola Sem Partido – à qual, aliás, o Implicante dá seu integral apoio. Segundo informa a Folha de SP, ele reconheceu a existência de “ideologia” e “sentimento partidário” em algumas instituições de ensino.

E isso é verdade, ora! É um fato.

A esquerda tenta tratar como um “direito”, mas é o exato oposto: algo deplorável. Uma coisa é a pessoa, no seu íntimo ou mesmo na vida privada fora do serviço público, ter opiniões, posições e postura partidária. Outra, muito diferente, é exercer isso enquanto deveria passar ensinamentos aos estudantes, especialmente os mais novos.

Já temos, portanto, ao menos dois possíveis presidenciáveis endossando isso: João Doria e também Jair Bolsonaro, que já há anos também a endossa.

Fonte: Folha de SP

Mais Lidas

To Top