Notícias

Jornal diz que PF gravou 122 ligações entre Rosemary e Lula

De acordo com o jornal Metro, publicação do Grupo Bandeirantes, as conversas teriam sido gravadas entre março de 2011 e outubro deste ano.

Abaixo a informação de Marcelo Freitas e Raphael Veleda:

Durante o tempo em que investigou a chefe exonerada do escritório da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Novoa de Noronha, por corrupção e tráfico de influência a Polícia Federal registrou, com autorização judicial, 122 ligações entre ela e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Lula já havia deixado o cargo quando os telefones de Rose, como era chamada a servidora, foram grampeados. As ligações, em média uma a cada 5 dias, foram gravadas entre março de 2011 e outubro deste ano.
Não há informações sobre o teor das ligações, mas a informação preocupou o Planalto, que teme que a possível divulgação dos áudios possa expor Lula a constrangimentos, pois Rose, já demitida por Dilma Rousseff, foi uma assessora muito próxima ao ex-presidente. Ela foi indiciada pela PF na última sexta-feira e teve a casa, em São Paulo, revistada em busca de provas.
No momento em que os agentes estavam na residência, segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, Rose ligou para o ex-ministro José Dirceu, de quem foi assessora direta por 12 anos, para pedir ajuda. Dirceu teria dito que não poderia fazer nada.

(grifos nossos)

Leia mais aqui.

Mais Lidas

To Top