Notícias

Lava Jato poderá recorrer ao Google para confirmar email atribuído a Dilma Rousseff

Empresa é dona do Gmail.

falamos aqui sobre a força da prova apresentada por Mônica Moura. Não se trata de um ‘print’ simples, feito em casa, mas sim de uma Ata Notarial, extraída em cartório. Mais ainda: ela tem as senhas do tal email e, com isso, é possível realizar perícia para constatar os registros de log.

E há um outro fator, hoje abordado pela Folha de SP: também será possível recorrer ao Google, que é dono do Gmail, para pedir os IPs que acessaram a conta. Desse modo, caso a marqueteira esteja falando a verdade, a coisa está bem complicada para Dilma Rousseff.

Não por acaso, amigos já estariam ventilando uma nova narrativa, segundo a qual ela poderia ter usado o sistema de comunicação, mas não para avisar sobre a prisão dos marqueteiros.

Fonte: Folha de SP

To Top