Notícias

Leandro Karnal se arrepende de apagar foto com Sergio Moro e revela: “fui até ameaçado”

Ele conheceu da pior forma a “democracia” de boa parte da esquerda.

Uma breve recapitulação a quem eventualmente não souber do episódio: Leandro Karnal, historiador, escritor e palestrante, publicou foto em que jantava com o juiz Sergio Moro, da Lava Jato (imagem acima). Como ele sempre foi festejado por boa parte da esquerda, e considerando que a companhia seria o “vilão” de parte do esquerdismo, acabou pressionado pelo fato.

Pressão tão grande que apagou a foto.

Agora, em entrevista à Veja, ele diz como foi a coisa. Em dado momento, revela: “fui até ameaçado”. E também alega estar arrependido de ter apagado a foto.

O episódio deixa clara a intolerância de parcela considerável da esquerda, muitas vezes supostamente “democrática”. Bobagem. Pegaram pesado com Karnal e, pelas tantas, ele não aguentou. Mas, de fato, passou a mensagem errada ao apagar a foto, porque no fim deu vitória aos autoritários.

Para eles, não é permitido nem mesmo estabelecer um diálogo ou partilhar uma refeição com quem consideram “inimigo” da ideologia. Nesse caso, para piorar, trata-se do juiz que condena acusados de corrupção.

Não é preciso dizer mais nada.

Fonte: Revista Veja - íntegra apenas para assinantes

Notícias Recentes

To Top