Notícias

Lewandowski desistiu de se aposentar para evitar que Temer nomeie algum ministro para o STF

Terá, depois, alguma mora para reclamar de “ativismo judicial”?

Quem garante isso é Lauro Jardim. Segundo o jornalista do Globo, Ricardo Lewandowski desistiu de aposentar-se quando concluir o mandato da Presidência do STF, entre outras razões, para evitar que Michel Temer consiga nomear um ministro para o lugar dele. O colunista chega, inclusive, a ventilar um motivo: o presidente ainda interino teria irritado o juiz por “naufragar” o reajuste salarial do Judiciário.

Mas seria só isso mesmo? Lewandowski foi o primeiro nome sugerido por Lula ao STF após o Mensalão ser denunciado por Roberto Jefferson. E, desde então, trabalharia para reduzir o estrago do escândalo no julgamento que ainda conseguiria levar 25 mensaleiros para a cadeia.

Membro da Suprema Corte que age assim pode reclamar de “ativismo judicial” por parte de ministros da primeira instância, conforme reclamam de Sérgio Moro?

Mais Lidas

To Top