Notícias

Lewandowski esconde-se ao ouvir gritos de: “STF é puxadinho do PT”. Confira o vídeo

O presidente do STF tinha ido a Maceió assinar um termo de cooperação e receber uma homenagem.

O presidente do STF tinha ido a Maceió assinar um termo de cooperação e receber uma homenagem. Mas os manifestantes tornaram a solenidade um martírio aos gritos de “STF é puxadinho do PT“. Com medo do tumulto, Lewandowski ficou em uma sala em separado e surgiu falando apenas no telão. Quando finalmente entrou na sala, manteve-se em silêncio, mas teve que encarar os bonecos inflados do “Lula presidiário” à sua frente. Para aprender a cantar a canção de protesto, clique no player abaixo.

To Top