Notícias

Lula amarela e desiste de viagem à Itália

O ex-presidente e Palpiteiro Geral da República, Luiz Inácio Lula da Silva, desistiu de viajar à Itália onde defenderia o nome de José Graziano para dirigir a FAO (órgão da ONU para agricultura e alimentação). Graziano, pra quem não se lembra, foi o coordenador do “Fome Zero”, o programa de combate à fome que não saiu do papel na primeira gestão de Lula.
As informações abaixo são da Folha Online:

O ex-presidente Lula cancelou sua ida à Itália prevista para o final deste mês por temer manifestações políticas e populares de hostilidade devido à decisão contra a extradição do terrorista italiano Cesare Battisti.

(…)

A viagem para Roma seria para um seminário sobre agricultura no dia 24 e para a eleição do novo diretor-geral da FAO. Em vez de trunfo, entretanto, Lula poderia passar a ser um obstáculo à vitória de Graziano para suceder o senegalês Jacques Diouf.

O governo e as instituições italianas não aceitam a decisão sobre Battisti, condenado à prisão perpétua no país por quatro assassinatos. Lula optou pela não extradição no último dia de governo, e o Supremo Tribunal Federal referendou essa decisão na semana passada.

Íntegra aqui.

Comentário:

Esta semana o ministro das relações exteriores da Itália, Franco Frattini,  atribuiu toda a responsabilidade pela permanência de Battisti no Brasil a Lula. Em entrevista a um programa de TV italiano, Frattini disparou: “Quem errou foi somente e exclusivamente o [ex] presidente do Brasil”. Frattini prosseguiu dizendo que a Itália entrará com uma representação contra o Brasil no Tribunal Internacional de Haia até o dia 25 de junho.
Já adiantamos que dificilmente a decisão do STF será revista.

Notícias Recentes

To Top