Notícias

Lula confessou a Mujica “Mensalão era a única forma de governar”

Revelação está em livro de memórias do ex-presidente do Uruguai lançado nesta semana

Lula_Discurso1deMaio

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva já pediu desculpas ao povo pelo Mensalão, já afirmou que nunca soubera do esquema e, após sua presidência, disse que iria se dedicar a provar a total inexistência do esquema. Porém, um livro lançado nesta semana no Uruguai tem uma confissão do conhecimento do ex-presidente sobre o esquema. Lula teria até mesmo justificado o escândalo. Vejam trecho de post do Blog do Noblat:

Segundo Cristina Tardáguila, repórter de O Globo, Lula disse a Mujica:

– Neste mundo tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens.

Para logo emendar:

– Essa [referindo-se ao mensalão] era a única forma de governar o Brasil.

O ex-vice-presidente uruguaio Danilo Astori, que viajara a Brasília com Mujica, também ouviu a confissão de Lula.

(…)

– Lula não é um corrupto como (Fernando) Collor de Mello e outros ex-presidentes brasileiros – comentou Mujica com os jornalistas em uma das cem horas de entrevistas que lhes concedeu. “Mas viveu esse episódio (do mensalão) com angústia e um pouco de culpa”.

Mujica e Lula eram tão próximos que o uruguaio “soube que Dilma seria a candidata (à Presidência) muito antes que isso se tornasse público”, registra o livro. E também que, depois, Lula apoiaria sua reeleição.

A revelação da confissão surge quando os investigadores da Lava Jato encontram cada vez mais elos entre o Mensalão e o Petrolão e quando Lula começa a ser investigado por suspeita de tráfico internacional de influência.

Mais Lidas

To Top