Notícias

Lula pede reunião com Renan Calheiros um dia após PF pedir quebras de sigilo do senador

Lula e Renan Calheiros retomam negociações políticas bastante comuns na época dos governos do ex-presidente

Renan Calheiros, presidente do Senado.

Renan Calheiros, presidente do Senado.

Um dia após a Polícia Federal pedir a quebra de sigilos de Renan Calheiros (releia aqui) para dar seguimento às investigações do Petrolão, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva agendou um almoço com o presidente do Senado. Vejam a informação no site O Povo:

De passagem por Brasília, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne nesta quinta-feira, 14, com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Os dois devem almoçar juntos na residência oficial do Senado. O encontro ocorre num momento de desgaste na relação entre o peemedebista e a presidente Dilma Rousseff.

Renan, por exemplo, tem se posicionado “pessoalmente” contra as medidas do ajuste fiscal encaminhadas pela equipe econômica de Dilma ao Congresso. Após passar pela Câmara, as duas Medidas Provisórias, 665 e 664, devem ser discutidas no plenário do Senado. A primeira endurece as regras do seguro-desemprego e a segunda da previdência. Para o peemedebista o ajuste proposto pelo Executivo pune apenas os trabalhadores e aposentados e não demonstra a intenção de “cortar na própria carne”.

O encontro de Lula e Renan também acontece cinco dias antes da votação no plenário do Senado da indicação do jurista Luiz Edson Fachin para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta semana, a presidente Dilma também tentou aproximar-se de Renan Calheiros como última tentativa de quebrar as restrições ao nome de Fachin para o STF.

Notícias Recentes

To Top