Notícias

Mais um com Dilma: Renan Calheiros adia análise de pedaladas que servem ao impeachment

Eduardo cunha, Renan Calheiros. Foto: Pedro França

Com isso, Dilma ganhou mais 15 dias de sobrevivência. Estratégia era catimbar ao máximo todo o processo.

O parecer do TCU sobre as pedaladas fiscais de Dilma já deveria essa semana ter tramitado no Legislativo. Mas Renan Calheiros, que estranhamente deixou se opor a Dilma em agosto, não leu o acórdão em plenário nessa quinta, rendendo a Dilma mais 15 dias de sobrevivência. Para qualquer suspeitas sobre a atitude, basta lembrar que, na semana passada, o presidente do Senado já havia dado a entender que usaria o máximo de prazo que a lei lhe confere para só então agir. Em outras palavras, catimbará ao máximo o processo na esperança de que a presidente se salve – e finde salvando-o.

Foto: Pedro França

Leia também | De um dos autores do impeachment: “Dilma tem que ser punida nem que a vaca tussa”

Mais Lidas

To Top