Notícias

Mais um membro das Forças Armadas pode ser envolvido no Petrolão

Hoje ele é gerente de projetos da Odebrecht, mas foi citado em acordo de leniência como um dos executivos que reunia-se com o cartel de empreiteiras de Angra 3.

O nome dele é Adolfo de Aguiar Braid, o Capitão-de-Mar-e-Guerra da reserva remunerada. Hoje ele é gerente de projetos da Odebrecht, mas foi citado em acordo de leniência como um dos executivos que reunia-se com o cartel de empreiteiras de Angra 3. Antes dele, o almirante Othon Luiz Pinheiro já havia tornado-se réu graças à Lava Jato por desfeitos na presidência da Eletronuclear, responsável por um projeto de 30 anos para a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro. O trabalho de Sérgio Moro vem mexendo, assim, num vespeiro que a imprensa sempre evitou: o da boa relação entre militares e o governo do PT. Talvez estejamos vendo por enquanto apenas o cume do iceberg.

sergio-moro

Leia também: Técnicos e relator das pedaladas fiscais de Dilma reclamam de ameaças

Para mais informações:
Lava Jato mira em mais um integrante das Forças Armadas

Mais Lidas

To Top