Notícias

Mais uma agência de risco dá a entender que tirará grau de investimento do Brasil

Foto: Dave Dugdale from Superior, USA

Mas a Moody’s dá um prazo até longo que a fatídica decisão: segundo semestre de 2016.

Na lógica do mercado, o Brasil entrará de vez em apuros se tiver menos de duas agências de classificação de risco conferindo-lhe grau de investimento. Até 2015, três dessas agências assinavam embaixo, mas a S&P pulou fora, colocando e economia brasileira na beira do precipício. Mauro Leos, analista da Moody’s, no entanto, diz que o país só perderá o selo se a crise estender-se até o segundo semestre de 2016. O problema? A previsão da própria agência para o crescimento do nosso PIB para o ano que vem já caiu para -1%. Só alguma mudança muito brusca poderia reverter a tendência de queda nestes 9 meses de intervalo. E é aqui que o impeachment de Dilma pode funcionar como freio de arrumação.

Foto: Dave Dugdale from Superior, USA

Leia também | Meia-entrada com limite em 40% dos ingressos deve baratear o evento para todo o público

Mais Lidas

To Top