Notícias

Manobra do governo barra convocação de aliados na CPI

Para impedir votação, base aliada esvaziou quórum.

Da Veja:

enio-bacci

Uma articulação governista deixou a CPI da Petrobras sem quórum e deixou de votar os requerimentos de convocação de Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, e de Sérgio Machado, diretor afastado da Transpetro. Dentre os governistas, apenas o deputado Afonso Florence (PT-BA) compareceu. Depois de protestos da oposição, o deputado Enio Bacci (PDT-RS) fez uma revelação grave: “Eu sofri pressão durante todo o dia de hoje para que não viesse para dar quórum. Inclusive pressão sob ameaça de que seria substituído nessa CPI se aqui comparecesse para viabilizar o quórum”.

Mais Lidas

To Top