Notícias

Marco Aurélio Mello esquece de “enxergar” a renúncia dos “5 ministros do Supremos”

Foto: José Cruz/ABr

Ministro do STF disse só acreditar numa renúncia coletica entre Dilma, Cunha e Temer como solução para a crise brasileira.

Ao Painel da Folha, o ministro Marco Aurélio Mello disse que, mesmo sabendo se tratar de uma utopia, só enxerga uma saída “não traumática” para a crise brasileira: a “renúncia coletiva” da presidente Dilma Rousseff, do seu vice Michel Temer e do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Se lidávamos com o tema utopicamente, fica a questão: por que o ministro do STF não vê necessidade na renúncia dos “5 ministros do Supremo” que Dilma teria oferecido a Eduardo Cunha como forma de se safar da canseira que Rodrigo Janot vem lhe proporcionando? Ou mesmo, quem sabe, de todo o tribunal, já que Gilmar Mendes mesmo disse haver muito empenho para prender ladrões de galinha, mas excesso de cuidado quando o envolvido é um peixe grande?

Foto: José Cruz/ABr

Leia também | Você tem força moral, reputação ilibada e biografia limpa o suficiente para pedir o impeachment de Dilma?

To Top