Notícias

Marqueteiro quer evitar presença de Dilma na campanha de Skaf

A preocupação é que a alta taxa de rejeição da presidente afaste o eleitorado do candidato ao governo de São Paulo.

Matéria do Estadão:

dudamendonca

Duda Mendonça, marqueteiro que fez a campanha que elegeu Lula presidente em 2002, quer evitar associar Dilma Rousseff a Paulo Skaf, candidato ao governo de São Paulo. A preocupação do publicitário é que a alta taxa de rejeição à presidente prejudique Skaf e afaste o eleitorado e o empresariado paulista (grande parte do setor é antipetista). Mesmo assim, Dilma terá lugar no palanque de Skaf, por ordem do vice-presidente Michel Temer (PMDB), principal articulador da candidatura peemedebistas no estado.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=VvVg__csdJI[/youtube]

Em 2005, Duda Mendonça foi acusado de se envolver no Mensalão, após declarar que havia aberto uma conta nas Bahamas para receber cerca de R$ 10 milhões de reais como pagamento de serviços publicitários e assessoria política para o PT. Ele recebeu orientações de Marcos Valério, operador do esquema. O contrato de publicidade com a Presidência da República lhe renderia R$ 150 milhões.

Notícias Recentes

To Top