Notícias

Marta Suplicy: “Eles não ouvem ninguém, não reconhecem os erros e levam o partido ao isolamento”

A ex-ministra da Cultura explica as razões de sua demissão.

Do Estadão:

marta-suplicy

Marta Suplicy pode decidir entre três caminhos depois de ter pedido demissão do Ministério da Cultura: disputar a legenda do PT com Fernando Haddad para concorrer à Prefeitura de São Paulo em 2016, sair do partido ou ficar no Senado aguardando a eleição para o governo do estado em 2018. Segundo Marta, a grande razão para sua saída é “a maneira autoritária como Dilma, Mercadante e Rui (Falcão) conduzem o governo do PT. Eles não ouvem ninguém, não reconhecem os erros e levam o partido ao isolamento”.

Notícias Recentes

To Top