Notícias

Mesmo voltado a rendas de até R$ 154, governo lança app do Bolsa Família para iPhones

Bolsa Família. Foto: Jefferson Rudy

Há também versões do aplicativo para celulares mais baratos, mas a iniciativa alimenta suspeitas contra o poder aquisitivo dos beneficiários do programa.

No site da Apple, o iPhone mais barato está saindo por 12 parcelas de R$ 191,58. Segundo o site da Caixa Econômica Federal, apenas famílias com renda per capita de R$ 154,00 podem participar do Bolsa Família. Nada disso impediu o governo de lançar um aplicativo do BF para iOS.

Há ainda versões do app para Android e Windows Phone, sistemas que se permitem instalar em smartphones de preços mais acessíveis. De qualquer forma, o governo alimentou ainda mais a suspeita dos críticos do Bolsa Família. Por que alguém em situação de pobreza ou extrema pobreza teria condições de manter a posse de aparelhos naturalmente mais caros? Ou não estão/são pobres/extremamente pobres?

Na tarde desta terça, o resto da imprensa confirmou o furo da revista Época sobre relatório que sugere corte de 35% do Bolsa Família para 2016. O detalhe: sem prejudicar o benefício de ninguém. Como isso seria possível? Porque os fiscais estão finalmente batendo à porta e descobrindo um mundo de gente que não mais deveria ter acesso à bolsa.

Em 2014, o Bolsa Família servia a mais de 50 milhões de brasileiros. Pela lógica, um corte de 35% atingiria mais de 17 milhões deles.

Foto: Jefferson Rudy

Leia também | Para se safar da Lava Jato por envolvimento no Petrolão, Lula renega os amigos

Mais Lidas

To Top