Notícias

Ministro da Justiça intercede junto à Polícia Federal contra intimação a filho de Lula

Investigadores ouvidos por jornal desconhecem impedimento na lei para intimações à noite.

José Eduardo Cardozo cobrou “imediatos esclarecimentos” de Leandro Daiello, diretor-geral da Polícia Federal, por ter intimado Luís Claudio Lula da Silva, o caçula de Lula, às 23 horas da terça-feira, dia 27. Segundo investigadores ouvidos pelo Estadão, não há nada na lei que impeça uma intimação em horário tão inusitado.

Foto: Valter Campanato (Agência Brasil)

Foto: Valter Campanato (Agência Brasil)

A própria matéria joga uma luz sobre o caso. Diz o jornal que os agentes da PF tentaram localizar Lulinhazinho em um endereço em São Bernardo do Campo, mas só o encontraram no final da noite nos Jardins, em São Paulo. Os antecedentes do petismo levam a crer que os Lula da Silva apenas catimbam diante da justiça para seguir na construção do argumento de que a Polícia Federal estaria agindo sem qualquer limitação legal.

To Top