Notícias

Ministro da Justiça nega pedido de proteção a ex-gerente da Petrobras

O pedido foi feito pelo DEM, mas o diretor geral da PF afirmou que cabe a Venina Velosa solicitar proteção.

Da Veja:

venina velosa globo

O Ministério da Justiça negou o pedido de proteção policial feito pela Câmara dos Deputados para Venina Velosa da Fonseca, ex-gerente da Petrobras, que denunciou que a diretoria da estatal, incluindo a presidente Graça Foster, foi pessoalmente alertada sobre as irregularidades em contratos firmados pela companhia. O diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, informou que fazer a solicitação de proteção cabe à própria gerente, e não à Câmara. O pedido foi protocolado pelo DEM, alegando que a ex-gerente se posicionou de “forma corajosa” ao denunciar as irregularidades na Petrobras.

To Top