Notícias

MPF denuncia Pizzolato por falsidade ideológica

O ex-diretor do Banco do Brasil fugiu do Brasil em setembro de 2013 e foi para a Itália com um passaporte falso, em nome do irmão.

Do Globo:

pizzolato

Nazareno Jorgealém Wolff, procurador do Ministério Público Federal em Lages, Santa Catarina, ofereceu denúncia e pediu a prisão de Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil, sob acusação de ter cometido sete vezes o crime de falsidade ideológica – produção de documentos com informações falsas – e utilizado esses mesmos documentos por 12 vezes, nos estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Pizzolato fugiu do Brasil em setembro de 2013 e foi para a Itália utilizando um passaporte falso no nome do irmão.

Mais Lidas

To Top