Notícias

Na primeira instância, as condenações da Lava Jato já somam 1.317 anos e 21 dias de pena

Foto: José Cruz/ABr

Ainda sem uma única condenação, o foro privilegiado acumula 413 investigados

Em fevereiro, o Ministério Público atualizou os dados referente à operação Lava Jato. A boa notícia é que não param de crescer. A notícia ruim é que dados tão relevantes só têm crescido na primeira instância, onde juízes como Sérgio Moro já somam 125 condenações. No foro privilegiado do STF, as condenações seguem aguardando a abertura do placar.

Na primeira instância, as condenações somam 1.317 anos de pena, uma média de 10 anos e meio por condenação. Só em propina, os crimes investigados somam R$ 6,4 bilhões.

No STF, só um número impressiona: a quantidade de investigados. São 413 no momento da redação deste texto. Mas, enquanto tiverem foro privilegiado, devem estar tranquilos, pois nada parecer atingir a liberdade de tantos criminosos.

Eduardo Cunha, por exemplo, só foi preso quando desceu à primeira instância.

Fonte: Ministério Público Federal

Notícias Recentes

To Top