Notícias

Progressismo premiado: Nassif ganha medalha do Itamaraty

Enquanto alguns dos autodenominados “blogueiros progressistas” perdem espaço no coração (e nas verbas) do governo e das empresas estatais, outros seguem “progredindo” como nunca antes na história deste país. Luis Nassif recebeu ontem no Itamaraty a medalha da Ordem de Rio Branco.

No blog do “jornalista de serviços”, o titular informa com orgulho o recebimento, no “Itamarati”, da “medalha Rio Branco”. A cerimônia contou com a participação da presidente Dilma, como se pode ver na foto dela cumprimentando o agraciado.

Ele já havia anunciado na quinta-feira, com aquela precisão característica, que receberia “do Conselho da Ordem do Rio Branco uma condecoração, com o grau de Oficial”.

(Informação e foto extraídas do blog de Luis Nassif.)

Do site do Itamaraty:

A Ordem de Rio Branco foi instituída pelo Decreto nº 51.697, de 5 de fevereiro de 1963, com o objetivo de, ao distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas, estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção.

2. A Ordem de Rio Branco, assim intitulada em homenagem ao Patrono da diplomacia brasileira – o Barão do Rio Branco -, consta de 5 graus, a saber: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro, além de uma Medalha anexa à Ordem.

Nós desconhecemos os “serviços meritórios e virtudes cívicas” de Luís Nassif que justifiquem a medalha – quem sabe o BNDES possa atestá-los. Talvez o jornalista de serviços tenha sido premiado na verdade por sua atuação em outra área: nós já demos alguns exemplos do nível da “diplomacia” de Nassif nas redes sociais, algo de fazer inveja ao barão de Rio Branco.

De qualquer forma, ele se junta a nomes como Erenice Guerra, José Genoino e Severino Cavalcanti (este 3 graus acima de Nassif na hierarquia da Ordem de Rio Branco: ganhou a Grã-Cruz. “Oficial” é para peixes menores…) em nossa galeria dos condecorados.

Mais Lidas

To Top