Notícias

Nem que a vaca tussa? Seguro-desemprego já caiu 8% com novas regras do governo Dilma

Foto: Programa Eleitoral 2014

Mesmo com o aumento das demissões, o número de trabalhadores que o recebem é o menor desde 2011.

Efetuando cortes que negava durante toda a campanha, Dilma tentou aumentar de 6 para 18 meses o período de trabalho mínimo para se receber o seguro-desemprego. Essa regra funcionou de março a junho, quando o Congresso sugeriu um meio termo: 12 meses. De qualquer forma, é menos grana no bolso do trabalhador desempregado. Mesmo com o aumento no desemprego, o seguro-desemprego distribuído é o menor desde 2011. O que não quer nem dizer que o governo está pagando menos, já que repõe aos que o recebem o gordo aumento de salário do início do ano. E, se menos pessoas recebem mais grana, temos mais uma ferramenta estatal funcionando para concentrar renda. Parabéns aos envolvidos.

Foto: Programa Eleitoral 2014

Leia também | Lula recebeu da Odebrecht R$ 4 milhões como “palestrante” (assim, entre aspas)

Notícias Recentes

To Top