Notícias

Nova fase do Minha Casa Minha Vida: agora com prestação mais alta e mais pobres excluídos

Faixa de até R$ 1.800 está fora do programa até segunda ordem; quando voltar, valores serão reajustados

Dilma-Rousseff-Casa-Vida-Brasil_ACRIMA20140214_0053_15

O governo anunciou hoje o início da terceira fase do Minha Casa Minha Vida, promessa de campanha de Dilma, com uma novidade: as contratações só valem para as faixas de até R$ 3.600 e R$ 6.500. Devido aos cortes de gastos com o ajuste fiscal, a faixa de menor renda (até R$ 1.800) está impedida de fazer contratações pelo programa. Não há previsão de quando as famílias dessa faixa serão incluídas novamente.

Além disso, a presidente da Caixa afirmou que o valor da prestação para a faixa de até R$ 1.800 deve ser reajustado – isto é, quando eles finalmente puderem voltar a financiar seus imóveis pelo Minha Casa Minha Vida.

Notícias Recentes

To Top