Notícias

O governo Temer quer trabalhar para o brasileiro não mais precisar do Bolsa Família

E isso é ótimo, não tenha dúvidas disso

É um tema delicado que, se não explicado direito, será explorado pela esquerda de modo a causar ainda mais prejuízo aos mais humildes do país. O PT usava o Bolsa Família como uma espécie de compra de votos oficial: garantia o pagamento todo mês e espalhava o boato de que o benefício seria cortado se não fosse reeleito. E isso era péssimo para a população mais carente. Pois, para se tornar um beneficiário, era preciso estar numa faixa salarial bem baixa, o que desestimulava alguns a buscarem emprego formal, aquele em que o governo fica ciente do aumento da sua renda.

O governo Temer quer criar uma alternativa que, melhorando a vida dos mais pobres, faria com que estes não mais precisassem do Bolsa Família. É delicado pois basta um mau uso das palavras para os petistas voltarem a espalhar que o governo quer acabar com o programa.

Qual seria a alternativa? Oferecer crédito subsidiado para a compra de material de trabalho, e prêmios a prefeitos que mais aderirem ao programa. Além de um a dois anos de carência ao beneficiário que estoura o limite da renda por ter conquistado um emprego. Assim, caso venha ser demitido no intervalo, não terá qualquer prejuízo. De quebra, oferece-se uma honrosa porta de saída ao benefício estatal.

Se o Brasil um dia quiser ter suas contas públicas em dia, precisa pensar adiante.

 

Notícias Recentes

To Top