Notícias

O “ministro da Fazenda” de Aécio, diferentemente do tucano, vê no impeachment uma solução

Foto: World Economic Forum

Para Armínio Fraga, inclusive, o impeachment de Dilma segue em pleno curso.

Aécio Neves nunca se posicionou claramente sobre o impeachment de Dilma, só aceitou participar da terceira grande manifestação com este objetivo e recentemente defendeu publicamente que o PSDB busque outras pautas, em especial a cassação da chapa presidencial na campanha de 2014, o que lhe daria a chance de concorrer à presidência antes mesmo de 2018.

Mas Armínio Fraga, o prometido ministro da Fazenda caso o tucano saísse vencedor em 2014, pensa um tanto diferente. A Folha perguntou se o impeachment de Dilma poderia ser uma solução para a crise atual. Fraga respondeu:

“Pode ser. Qualquer coisa que aconteça dentro das regras do Estado de Direito vale. O importante é ser feito assim, para que ninguém possa dizer que é golpe. E é assim que está acontecendo. Se for isso, se os fatos em geral levarem nosso Congresso, democraticamente eleito, a tomar essa decisão, ou nosso TSE tomar uma decisão nessa área, que assim seja. Pode eventualmente contribuir para uma solução.”

Foto: World Economic Forum

Armínio Fraga | Foto: World Economic Forum

Fraga inclusive parece ter se cansado de esperar alguma atitude do PSDB: “Em algum momento, é preciso que haja um grupo suficientemente coeso que faça essa aposta. Essa mudança recente de posição do PMDB, com a proposta, foi um passo importante.

Se o impeachment de Dilma tiver que ser feito apesar dos tucanos, que assim seja.

Notícias Recentes

To Top