Notícias

Para dirigente do PT, o partido combateria as Reformas pelo risco de o governo “dar certo”

20/07/2017- São Paulo- SP, Brasil- Ex-presidente Lula em Ato na Av. Paulista em defesa da democracia.

A informação é de Igor Gielow, na Folha de SP.

Hoje, na Folha de SP, há um ótimo texto de Igor Gielow tratando sobre a postura do PT quanto às eleições indiretas. Articulações são expostas e nomes são citados. Mas há um trecho, porém, chamando atenção:

“A questão das reformas, como a da Previdência, segue unindo o partido em público e nos bastidores. Um dirigente afirmou que, seja lá quem for o presidente, o combate a elas continuará a ser dado. Já o motivo não declarado é o risco de o governo “dar certo e vitaminar uma candidatura tucana”, como diz um outro dirigente petista” (grifamos)

Não se trata de intuição do colunista, mas sim de aspas. A fala, portanto, seria atribuída de fato um dirigente da legenda.

Leia o texto na íntegra por aqui.

Fonte: Folha de SP

To Top