Notícias

Partido da base do governo Dilma expulsará os 6 deputados que votaram a favor do impeachment

Dos 19 deputados do PDT, meia dúzia se rebelou e preferiu correr o risco de se alinhar com os anseios da população

Depois de ver seis de seus 19 deputados votando a favor do impeachment de Dilma Rousseff, o PDT decidiu que iniciará processo para expulsão dos rebeldes que não seguiram a decisão do diretório nacional de 22 de janeiro. Mais do que isso, tentará tomar para o partido do mandado dos “infiéis”.

Os processados incluem Mario Heringer (RJ), Sérgio Vidigal (ES), Giovanni Cherini (RS), Flávia Morais (GO), Subtenente Gonzaga (MG) e Hissa Abrahão (AM).

2011_10_2617_46_3059655dilma_lupi_beijo

Uma convocação do Diretório Nacional do partido foi marcada para 30 de março. Até lá, o Senado já deve ter dado a Dilma a licença de 180 dias para a presidente se defender do impeachment. Resta saber se, até lá, o partido ainda terá tanto interesse assim em se manter fiel a uma liderança política zumbi.

Mais Lidas

To Top