Notícias

Paulo Roberto Costa diz ter medo e cita um nome: CELSO DANIEL

O delator da Operação Lava Jato, em vídeo divulgado pela Folha, demonstra receio por ter mexido com gente “graúda” e cita o nome do ex-prefeito petista de Santo André, assassinado em 2002.

Paulo Roberto Costa - Dida Sampaio/AE

Paulo Roberto Costa – Dida Sampaio/AE

Os fatos são sérios e a acusação, ainda que informal, é gravíssima. Em vídeos disponibilizados pela Folha, em reportagem de Rubens Valente, o delator Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, revela estar com medo e diz sofrer pressões. Alguns momentos são de fato assustadores:

“É no primeiro dia que ele diz temer por sua integridade física. “Eu tenho medo. Porque nós estamos falando com [de] uma gente muito graúda”, disse. Um delegado afirma que os citados não têm histórico de violência. Costa abre um sorriso e diz “Celso Daniel“, o prefeito petista de Santo André (SP) assassinado no início de 2002. O delegado pergunta se ele sabia algo sobre o crime. O ex-diretor apenas diz ter ouvido “de muita gente” que “foi o PT que encomendou”.” (grifos nossos)

Sério, vejam o trecho do vídeo que divulgamos. É mais do que compreensível o receio de Paulo Roberto Costa e, além disso, é fundamental que a testemunha tenha sua integridade física e sua vida garantidas, sejam ou não exagerados seus receios – o histórico dos fatos de nosso país, infelizmente, dão fundamento aos temores do delator.

Vejam abaixo:

VÍDEO BOMBÁSTICO: Paulo Roberto Costa implica PT na morte de C…Confira este vídeo, é bem curto e MUITO bombástico. Nele, Paulo Roberto Costa, delator na Operação Lava-Jato em depoimento à PF, diz que tem medo de ter mexido com “gente graúda” e fala sobre o caso Celso Daniel (ex-prefeito petista de Santo André assassinado em 2002): seria “encomenda” do PT.

Posted by Implicante on Segunda, 31 de agosto de 2015

Mais Lidas

To Top