Notícias

Paulo Roberto Costa diz ter pago propina de R$ 400 mil para Cândido Vaccarezza

O ex-lider do governo na Câmara teria recebido propina por um contrato de importação de asfalto.

Cândido-Vaccarezza-Foto-José-Cruz-ABr

Segundo o Estado de São Paulo, o ex-diretor da Petrobras disse na delação premiada que o ex-deputado e ex-líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza, teria rcebido R$ 400 mil por um contrato de importação de asfalto da Petrobras com a empresa Sargent Marine. Costa disse tomar conhecimento da propina através de Jorge Luz, lobista que lhe apresentou a Sargent Marine.

Paulo Roberto Costa afirmou que ter sido o responsável por convidar a empresa que firmou contrato sem licitação.

Mais Lidas

To Top