Notícias

Pelo menos 42 brasileiros simpáticos ao Estado Islâmico estão sendo monitorados no Brasil

O medo de um atentado nos Jogos Olímpicos é justificado

Terroristas vivem da propaganda que fazem de si mesmos por intermédios das vidas que tomam. Quanto mais visibilidade têm os seus atentados, melhor para as causas que defendem. Por isso, desde os anos 1970 que os Jogos Olímpicos, pela audiência que acumulam, viraram alvo – algumas vezes fácil – das bizarras intenções do terror. Não à toa, há um enorme receio de que o Brasil entre na rota das tragédias, uma vez que sediará a Rio 2016.

Segundo o jornalista Josias de Souza, a ABIN monitora 42 simpatizantes do Estado Islâmico. Esse grupo de brasileiros jurou fidelidade aos terroristas do ISIS. A Polícia Federal os vigia até mesmo presencialmente. E pretende evitar que cometam algum tipo de barbaridade na região. Se possível, até presos preventivamente eles serão.

É o mínimo. Mas será tudo? Ou há mais simpatizantes não descobertos?

To Top