Notícias

Petista investigada por formação de quadrilha deixa Secretaria da Educação em São Bernardo

Secretária de Educação era muito ligada ao prefeito petista, Luiz Marinho

Dilma Luiz MarinhoComo se não bastassem os escândalos o PT na esfera federal, também nas grandes cidades o partido se vê envolvido em investigações na área da Educação. É assim em São Bernardo do Campo, segunda cidade mais populosa do estado de São Paulo. Leiam a reportagem do Diário do Grande ABC:

Personagem central do maior escândalo do governo de Luiz Marinho (PT) em São Bernardo, Cleuza Repulho (PT) foi demitida da Secretaria de Educação. Ela, que estava desde o início da gestão petista, será substituída pelo vereador Paulo Dias (PT), que assume a função dentro de duas semanas.

Cleuza é ré em ação civil pública ajuizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) ABC, acusada de desvio de recursos públicos e formação de quadrilha. Segundo promotores, ela participou de esquema que superfaturou em pelo menos R$ 4 milhões compra de tênis e mochilas a alunos da rede pública. O Ministério Público chegou até a pedir prisão preventiva dela, o que foi negado em primeiro momento. O processo tramita no Fórum de São Bernardo.

A decisão de tirar Cleuza do governo foi tomada por Marinho em maio do ano passado, conforme antecipou o Diário. O prefeito, porém, esperou baixar a poeira em torno de Cleuza para efetuar a decisão. Ele comunicou a secretária e Paulo Dias há 15 dias e pediu para ambos montarem equipe de transição na Pasta.

To Top