Notícias

PF faz busca em empresas suspeitas de fraude na gestão de Padilha na Saúde

A operação vai investigar uma licitação para locação de veículos para a saúde indígena, que teve valor de R$ 34 milhões.

Da Folha de S.Paulo:

Alexandre-Padilha

A pedido do Ministério Público, a Polícia Federal realizou uma operação de busca e apreensão de documentos na sede de empresas suspeitas de uma fraude milionária de licitação no Ministério da Saúde na gestão de Alexandre Padilha, candidato do PT ao governo de São Paulo. São 14 alvos na investigação, entre empresas, empresários, um contador e uma ex-funcionária do Ministério da Saúde. A decisão da Justiça Federal que autorizou a operação em diferentes endereços de Brasília afirma que “há indícios da existência de fraude” na licitação para locação de veículos para a saúde indígena, que teve valor de R$ 34 milhões, porque a modalidade escolhida reduziu “deliberadamente” o número de empresas competidoras.

To Top