Notícias

Presidente do Corinthians sobre a farra do Itaquerão: “A parte financeira ninguém mexeu. Só eu e o Lula”

Em conversa gravada, Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, admitiu que o Itaquerão, futuro estádio do clube, custará mais de R$ 1 bilhão. No diálogo obtido pela revista Época, Sanchez afirma que a revelação do valor causará constrangimentos para o ex-presidente Lula: “A parte financeira ninguém mexeu. Só eu, o Lula e o Emílio Odebrecht”

As informações abaixo foram extraídas do blog “Político” de Época:

A declaração do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, sobre o Itaquerão – “Garanto que vai custar mais de R$ 1 bilhão. Ponto”, publicada na edição de Época desta semana – está gravada. Em nota oficial publicada neste sábado, Sanchez negou ter feito as declarações. Sanchez fez o comentário durante entrevista no dia 10 de setembro. Ele estava na sala da presidência do clube, no quinto andar do Parque São Jorge. E disse o que foi reproduzido na reportagem de ÉPOCA:

“Quem fez o estádio fui eu e o Lula. Garanto que vai custar mais de R$ 1 bilhão. Ponto. A parte financeira ninguém mexeu. Só eu, o Lula e o Emílio Odebrecht (presidente do Conselho de Administração da Odebrecht).
– O dia em que essa história vier a público, vai ficar feio para quem?
– Não vai ficar feio pra ninguém. Vai ficar, talvez, não imoral, mas difícil para o Lula.
– Por quê?
– Porque vão falar: “Pô, como é que uma empreiteira se submete a fazer isso? Por que o presidente pediu?”. É o que insinuam até hoje.
O presidente corintiano fez essas declarações quando questionado sobre o papel de seu vice-presidente de Marketing, Luiz Paulo Rosenberg, na negociação sobre o estádio. “O Luis Paulo cuidou do parafuso da ruela”, disse. E depois fez as declarações publicadas.

Link da notícia aqui

Ouça a gravação obtida por Época:

Áudio

Notícias Recentes

To Top