Notícias

Primeiro ministro dinamarquês desmente seu amigo esquerdista: Dinamarca não é socialista

Foto: Johannes Jansson

Para desgosto do seu amigo socialista, o primeiro ministro defende o modelo nórdico como “capitalismo de mercado”.

O nome dele é bem complicado de se escrever: Lars Løkke Rasmussen. Trata-se do primeiro ministro dinamarquês. Na sexta-feira passada, em Harvard, respondeu com leve atraso à fala de Bernie Sanders, um dos democratas que participa da corrida pela Casa Branca. Bernie se diz socialista e defendeu os países nórdicos, em especial a Dinamarca, como um exemplo de socialismo democrático bem aplicado. Lars, que entende bem melhor do assunto, o contrariou:

“Eu sei que algumas pessoas nos Estados Unidos associam o modelo nórdico a algum tipo de socialismo, mas eu gostaria de deixa uma coisa clara: A Dinamarca está longe de ser uma economia socialista planificada. A Dinamarca é uma economia de mercado.”

Lars Løkke Rasmussen | Foto: Johannes Jansson

Lars Løkke Rasmussen | Foto: Johannes Jansson

Mas não parou por aí:

“O modelo nórdico é um estado de bem-estar expandido que fornece um alto nível de seguridade social aos seus cidadãos, mas também é uma economia de mercado bem sucedida com muita liberdade para perseguir seus sonhos e viver a vida como você deseja.”

Com isso, continua em zero o número de países em que o socialismo findou em algo bom para a maioria da população.

To Top