Notícias

Reforma Trabalhista: dirigentes sindicais chamam Renan Calheiros de “líder de todos nós”

Espera-se que o outro “líder” da turma não fique enciumado.

Comissão da Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da Reforma Trabalhista, que vai a plenário hoje. Se passar, o caminho será o Senado Federal, e é aí que entra Renan Calheiros.

Antes, vale citar algumas considerações um tanto folclóricas do mundo da política. Diz a lenda que se sabe da proximidade de uma eleição quando Renan começa a sinalizar oposição ao governo. Outra que circula nas redes: a esquerda ama ou odeia o senador de acordo com seu alinhamento a Lula, PT ou algo assim.

Desta vez, a tese preponderante é a de que ele estaria “batendo” em Michel Temer por preocupações eleitorais. Em Alagoas, estado que representa como Senador e que é governado por seu filho, a popularidade do atual titular do Planalto não é das melhores. E a de Lula, por sua vez, está no lado oposto.

Então, claro, o melhor para Renan é afastar-se de um e aproximar-se ao máximo das ideias e até aliados de outro.

De todo modo, a Folha de SP relata que líderes sindicais exageraram um bocado nos elogios ao peemedebista. Teriam dito que ele seria o “único acerto do governo” e foi mesmo chamado de “líder de todos nós”.

Pois é. Espera-se que o outro “líder” da turma não fique enciumado.

Fonte: Folha de SP

Mais Lidas

To Top