Notícias

Renan Calheiros teria recebido R$ 30 milhões em propina, segundo delator

Romero Jucá e José Sarney teriam ficado cada um com outros R$ 20 milhões

Os números foram delatados por Sérgio Machado à Lava Jato, nome indicado por Renan Calheiros à Transpetro ainda nos primeiros anos do governo Lula. Somam um total de R$ 70 milhões, dos quais a maior fatia (R$ 30 milhões) teriam como destino o presidente do Senado. Romero Jucá e José Sarney teriam recebido R$ 20 milhões cada.

Esse volume de dinheiro era desviado diretamente da subsidiária da Petrobras comandada por Machado até o final do primeiro mandato de Dilma, quando pediria demissão. O trio de (ex-)senadores nega o recebimento.

A delação em questão já foi homologada pelo Supremo.

Mais Lidas

To Top