Notícias

Requião censura jornalista na internet

O candidato a governador do Paraná moveu uma representação contra João Carlos Figerio, pedindo para retirar um post em que compartilhava um vídeo de paródia.

requiao

Roberto Requião, candidato a governador do Paraná e famoso por escrever o que lhe vem à cabeça em seu perfil no Twitter, promoveu uma representação contra o jornalista João Carlos Frigerio, para que ele removesse uma publicação no microblog. O motivo foi o compartilhamento de um vídeo, que não é de autoria do jornalista, e que, segundo Requião, denigre sua imagem e é “propaganda eleitoral negativa” para o candidato. Para não ter que pagar uma multa de R$ 5 mil por dia, João, conhecido pelo perfil @plantao190, removeu o tweet.

Implicante: A representação que você recebeu foi por causa do vídeo que faz uma paródia do “Tacale Pau”?
João: Para meu espanto recebi uma representação contra o vídeo “Requião Cara de Pau”.
Implicante: Você sabe se foi só você que recebeu essa notificação ou mais alguém que compartilhou o vídeo também foi notificado?
João: Até onde eu sei, depois de consultar vários amigos, fui o único que recebeu notificação do TRE por ter compartilhado o vídeo que não é de minha autoria.
Implicante: Em relação ao comportamento de Requião com outros jornalistas, você acha que corre ainda “risco” de ter algo mais censurado, que seja classificado também como “propaganda negativa” por ele?
João: Isso me assustou muito, pois, para mim, minha opinião se tratava de uma paródia, um vídeo de humor, tanto que, quando assisti, dei risada, pois achei engraçada a montagem. Depois dessa, tenho certeza que haverá mais censura, pois vi que eles levaram a sério algo muito pequeno.
Implicante: Qual será sua posição daqui em diante com relação a este ato de censura de Requião?
João: Conheci pessoalmente ele e outros funcionários dele, fico muito chateado com esse tipo de situação pois foi desnecessário. Apenas uma conversa em particular teria resolvido a situação. Em 6 anos de Plantão 190 nunca recebi um processo, muito menos uma representação, ainda mais por algo tão medíocre. Não esperava algo de sua equipe deste nível, mas, depois dessa, vejo que tudo é possível pela briga eleitoral. Quem perde com isso somos nós, que viramos reféns desta censura desnecessária.
To Top