Notícias

Rio Grande/RS enfrenta crise devido a investigações da Lava Jato

A economia da cidade gira em função dos estaleiros operados por empreteiras investigadas devido ao esquema de corrupção.

arquivo_218

Segundo a RBS, a preocupação na cidade de Rio Grande aumenta com o desenrolar da Operação Lava Jato. Isso porque a cidade vive em função de estaleiros do Polo Naval que são operados por quatro empresas investigadas pela Polícia Federal. Os trabalhadores dos estaleiros estão apreensivos porque os que já foram demitidos estão procurando emprego no comércio, que também já sente os efeitos da crise.

“Os funcionários conversam muito sobre essa crise do Polo Naval e temos muito medo de que Rio Grande vire uma cidade fantasma, o mesmo que aconteceu em Macaé, no Rio de Janeiro, que recebeu uma grande obra e logo depois acabou tudo. Muitos colegas já foram demitidos”, disse um dos trabalhadores.

O Sindicado dos Metalúrgicos de Rio Grande confirma as demissões. Só em dezembro, com a conclusão do primeiro dos oito cascos pela Engevix, 3 mil trabalhadores foram dispensados.

To Top