Notícias

Segundo delatores, atual ministro de Temer negociou propina nas gestões de FHC, Lula e Dilma

Eles se referem a Eliseu Padilha, da Casa Civil.

As delações dos executivos da Odebrecht na Lava Jato evidenciaram a extensão das propinas não apenas quanto às esferas de poder, mas também quanto ao tempo. Evidentemente, a coisa “não vem de hoje”. Ainda assim, impressiona que uma mesma figura tenha participado do expediente em três governos federais – mesmo de partidos ‘opostos’.

É o caso de Eliseu Padilha, atual Ministro-Chefe da Casa Civil de Michel Temer, que, segundo alegam os delatores, teria negociado propina sob o governo de Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff.

Em sendo verdade, não seria pouca coisa, pois o período total abrange mais de 20 anos. O Brasil não é para principiantes.

Fonte: Folha de SP

To Top