Notícias

Sergio Moro: “a corrupção sistêmica é tão grave quanto o crime organizado”

Ele falou também sobre delação premiada.

Foto: Wilson Center

O juiz da Lava Jato em primeira instância, Sergio Moro, discursou em um painel nas Conferências de Estoril, em Portugal. Em sua fala, destacou a importância da delação premiada, no sentido de que, embora o delator seja beneficiado, o esquema completo é rompido.

Seguem trechos:

“É melhor você ter um esquema de corrupção descoberto e algumas pessoas punidas do que ter esse esquema de corrupção oculto pra sempre. É melhor ter alguém condenado do que ninguém condenado (…) Esse processo do Brasil foi extremamente importante para a expansão das investigações. A utilização desse instrumento também leva também a uma quebra de confiança dentro desses grupos criminosos. Acaba tendo um efeito disruptivo (…) A corrupção sistêmica é tão grave quanto o crime organizado. E aquelas ferramentas que muitas vezes são tidas como essenciais contra o crime organizado, também se fazem necessárias no enfrentamento da chamada corrupção sistêmica (…) O Brasil está dando passos sérios e firmes no enfrentamento da corrupção sistêmica e não há nenhuma vergonha nesse tipo de ação (…) Então embora se tenha muitas vezes uma visão negativa sobre esses casos que estão sendo descobertos no Brasil, peço que vejam esses casos em outra perspectiva. Eu acredito que, apesar de todas essas turbulências, ao final do processo nós teremos um país melhor, com uma economia mais forte e com uma democracia de melhor qualidade, no qual a corrupção sistêmica passe a ser apenas uma triste memória do passado”

Ele está correto.

Fonte: Folha de SP

Notícias Recentes

To Top