Notícias

STF revoga a prisão de empreiteiros pegos pela Lava Jato

Nove empresários e funcionários vão para prisão domiciliar até que sejam julgados em definitivo

Ricardo Pessoa (Foto Zanone Fraissat/Folhapress)

Ricardo Pessoa (Foto Zanone Fraissat/Folhapress)

Vejam a reportagem em vídeo do Jornal Nacional:

O Supremo Tribunal Federal revogou a prisão preventiva de nove empreiteiros presos desde novembro em Curitiba. Eles vão ficar em prisão domiciliar e com tornozeleiras eletrônicas.

O julgamento começou pelo pedido de liberdade do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa, preso há mais de cinco meses em Curitiba. Ricardo Pessoa é apontado como o chefe do chamado Clube de Empreiteiras. Ele é réu por lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha. A defesa alegou que as medidas tomadas contra ele são suficientes.

(…)

A decisão foi estendida a outros oito executivos e funcionários de construtoras, presos desde novembro. Além de Ricardo Pessoa, vão sair da prisão Agenor Franklin Medeiros, diretor afastado da OAS; Erton Medeiros Fonseca, diretor de negócios afastado da Galvão Engenharia; João Ricardo Auler, presidente afastado do Conselho de Administração da Camargo Corrêa; José Ricardo Nogueira Breghirolli, funcionário afastado da OAS; José Aldemário Pinheiro Filho, conhecido como Leo Pinheiro, presidente afastado da OAS; Mateus Coutinho Sá Oliveira, diretor afastado da OAS; Sérgio Cunha Mendes, ex-vice-presidente executivo da Mendes Júnior; e Gerson Almada, vice-presidente afastado da empreiteira Engevix.

Os nove empresários e funcionários não ficarão em liberdade. A decisão é que eles cumpram prisão domiciliar, monitorados por tornozeleira eletrônica.

A prisão domiciliar facilitará a comunicação entre os envolvidos, seus advogados e eventuais interessados em seus silêncios. Mesmo assim, acreditamos no trabalho de Sérgio Moro e equipe. O STF é regido (ainda) pela nossa Constituição e não há nada a sugerir que tenham agido por interesses obscuros nessa decisão. Continuemos torcendo para que os envolvidos já presos entreguem seus parceiros e o chefe de todo esse enorme esquema.

To Top