Notícias

STF x PGR: em documento oficial, Gilmar diz que ação de Janot é “tiro que sai pela culatra”

Resposta dura.

Como se sabe, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, pediu a saída de Gilmar Mendes do caso de Eike Batista, ao qual o Magistrado concedeu Habeas Corpus. O fundamento do pedido seria a esposa de Mendes, que trabalha num escritório que atende Eike em causas cíveis.

Instado a responder, o Ministro foi duro em um ofício dirigido à Presidência do Supremo. Já de início, cita um provérbio português:

“Ninguém se livra de pedrada de doido nem de coice de burro”

Mas vai além. Segue trecho:

“O instituto da arguição de impedimento foi usado como um ataque pessoal ao magistrado e, pior, à sua família. A ação do Dr. Janot é um tiro que sai pela culatra. Animado em atacar, não olhou para a própria retaguarda. As verdadeiras vítimas de sua imprudência foram as altas instituições do Supremo Tribunal Federal e da Procuradoria-Geral da República”

Pois é. Forte.

E a íntegra pode ser lida aqui.

Fonte: Jota

To Top