Notícias

Taxa de “medo de desemprego” dispara e chega a 37,5%

Índice retrata a confiança do brasileiro na economia e corresponde ao comparativo entre o terceiro trimestre de 2015 e o mesmo período em 2014.

Para alguns, o índice pode parecer inócuo, mas na verdade é importantíssimo. Trata-se de como o trabalhador encara o momento econômico atual e, pelo índice observado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), é total a desconfiança. É o maior número em 16 anos.

O aumento drástico, de 37,5%, foi percebido no terceiro trimestre de 2015 comparado ao mesmo período de 2014. Ou seja, no ano eleitoral o povo estava ainda bem iludido com nossa economia. Esse temor de desemprego não é um mero fantasma inventado, mas sim um sentimento real que aflige o trabalhador brasileiro, especialmente nos tempos atuais de pandemônio econômico.

Dilma Rousseff - PIB

Por fim, é com base nisso que se percebe também uma das razões para a queda vertiginosa da popularidade de Dilma Rousseff.

Mais Lidas

To Top