Notícias

TCE questiona contratos entre Friboi e prefeitura petista de São Bernardo/SP

Os contratos firmados com o grupo JBS (dono da Friboi) foram questionados pelo Tribunal de Contas de São Paulo. No total, foram R$ 18 milhões.

friboi logo

Segundo o Diário do ABC, o Tribunal de Contas do Estado apontou indícios de restrição na licitação promovida pela prefeitura de São Bernardo arrematada pelo grupo JBS/SA para que a Friboi forneça carne para 200 escolas da rede muncipal. O grupo já firmou 2 contratos com a prefeitura de São Bernardo que, juntos, somam R$18 milhões.

A auditoria do TCE fez dois apontamentos: um é relativo ao critério usado na concorrência de menor preço, o que fez com que 9 companhias retirassem o edital e apenas 2 enviaram propostas. Outro apontamento é relativo a Fridel, que faz parte do certame, mas não apareceu na listagem da prefeitura entregue ao Tribunal.

A documentação do contrato da Friboi tramita no TCE desde 2013, com pedidos de esclarecimento à Prefeitura.

Vale lembrar que o grupo JBS doou R$7,3 milhões à campanha de Dilma Rousseff e repassou mais R$3,36 milhões para o diretório paulista do PT. O prefeito Luiz Marinho foi o coordenador do projeto eleitoral em São Paulo que tinha a função de organizar as finanças e alavancar a candidatura de Dilma do Estado.

Notícias Recentes

To Top